Jusant: Pegue o jeito do incrível mecanismo de escalada do jogo

Jusant chega nesta terça-feira (31) ao Xbox Series X|S e PC (com Game Pass) – uma experiência de escalada deslumbrante e meditativa que o leva a subir uma torre gigantesca, passo a passo, em busca de respostas sobre o que aconteceu neste mundo fantástico. Lembra um pouco ICO, mas é verdadeiramente único em sua execução.

Como você esperaria, com a escalada no centro de tudo isso, os desenvolvedores da Don’t Nod pensaram muito no ato de subir a torre – isso foge bastante do que vemos em relação a progressão em jogos. Com isso em mente, aqui estão algumas dicas sem spoilers sobre como escalar com confiança enquanto descobre os segredos de Jusant.

Os Conceitos Básicos

Na maioria dos jogos, escalar é tão simples quanto manter pressionado um botão e empurrar o analógico esquerdo na direção certa. Jusant é diferente. Aqui, você tem controle individual de cada uma das suas mãos, que podem ser direcionadas com o analógico esquerdo, e podem agarrar partes do ambiente individualmente com um toque no gatilho esquerdo ou direito.

Assim, escalar se resume a manter-se agarrado onde você está no momento, mover a outra mão para o próximo ponto de apoio, agarrá-lo e soltar a primeira mão.

Para lacunas maiores, você pode pular e até fazer um segundo pulo (efetivamente fazendo você quicar na parede em uma manobra arriscada). Uma vez que você pega o jeito, é incrível escalar paredes praticamente verticais.

Use os Pitons

No início do jogo, você conta com sua fiel corda e mosquetão – que se prenderão automaticamente à parede sempre que você iniciar uma escalada no caminho da história. Isso significa que, onde quer que você esteja, você tem um ponto de ancoragem que deve evitar que você caia muito longe. No entanto, você também começa com três pitons, que podem ser fixados na parede praticamente em qualquer lugar, oferecendo-lhe um novo ponto de ancoragem.

Pense neles como checkpoints manuais – está prestes a fazer um salto arriscado? Fixe um piton para que, se você calcular mal, não seja enviado de volta ao início da sua escalada. Felizmente, os pitons só são consumíveis durante uma escalada – quando você alcança um pedaço de terra estável, eles se regeneram – então não hesite em usá-los.

Você pode até usar um piton para criar um ponto de ancoragem de onde você pode se soltar propositalmente e usar sua corda para correr pela parede até uma nova posição – isso parece e é espetacular.

Descanse facilmente

Até onde você pode escalar é determinado por uma barra de vigor, que diminui enquanto você está em movimento. Seu vigor máximo também diminui cada vez que você pula – o que significa que quanto mais você usa seus movimentos mais fortes, menos vigor você tem para o restante da escalada.

Para equilibrar isso, parar em qualquer parte da escalada e clicar no analógico esquerdo permitirá que você descanse, fazendo sua barra de vigor voltar ao seu nível máximo atual – se você está lutando para alcançar seu próximo objetivo, certifique-se de descansar e continuar com confiança.

Não tenha medo de explorar

Jusant deixa claro para onde você deve ir ao colocar pontos de ancoragem para o seu mosquetão. Mas isso não significa que esses sejam os únicos caminhos. O mosquetão pode ser fixado na maioria das paredes ao segurar X, o que abre mais caminhos do que você imagina – e vale a pena olhar ao redor.

Felizmente, você terá alguma ajuda nesse sentido – você não está sozinho nesta jornada. Acompanhando você está o Ballast, um companheiro misterioso (e incrivelmente fofo) que tem uma ligação com a torre que você está escalando. Após um certo ponto, o Ballast pode usar uma habilidade chamada Eco, mostrando as localizações aproximadas não apenas do seu próximo objetivo, mas também de itens escondidos e pontos de interesse – usar o Eco pode ser uma maneira fundamental de mostrar para onde ir além do caminho principal.

Como um jogo sem diálogos, a maneira de descobrir a estranha e fascinante história de Jusant é encontrar alguns desses elementos escondidos, e eles podem estar em locais bastante escondidos, muitas vezes apresentando quebra-cabeças por si só.

Se você ver uma borda que leva a uma sala que você não viu antes, ou um caminho suspeito que leva a uma queda vertical, certifique-se de prender seu mosquetão e descer para dar uma olhada – você nunca sabe o que encontrará. Mesmo que você não encontre algo tangível, as vistas são sempre espetaculares.

Isso é só o começo

Conforme você continua sua escalada, você aprenderá novas maneiras de subir a torre. Não vou revelar essas informações aqui, já que o jogo é realmente sobre descoberta, mas posso dizer que o que mencionei acima é apenas o começo da sua jornada.